Águas de Santa Barbara, Domingo, 20 de Agosto de 2017Início / Fale com a Prefeitura
Domi
20/08
24 °C
16 °C
Índice UV
7.0
Segu
21/08
21 °C
10 °C
Índice UV
7.0
Ter
22/08
23 °C
8 °C
Índice UV
7.0
Quar
23/08
26 °C
12 °C
Índice UV
7.0

DESCOBRINDO A ÁGUA

No século XIX as famílias de Pedro Dias Batista e Marques do Vale, vieram do Estado de Minas Gerais para as terras do Vale do Rio Pardo trazendo consigo muitos escravos, tomaram posse de vasta área territorial ao longo do Vale, iniciaram a derrubada da mata, enfrentando índios selvagens, deram início a fundação da Freguesia de Santa Bárbara.

Naquela época todo o pessoal já fazia uso da água de uma fonte conhecida como "Poço Quente" ou "Água Virtuosa", devido à caloria da água e seu efeito terapêutico.

Conta-se que os escravos iam ali lavar as feridas oriundas das chicotadas, frieiras dos pés, lavavam também feridas do lombo dos cavalos e burros provocadas pelos arreios, que logo cicatrizavam. Antigos moradores daqui dizem que seus avós presenciaram esses fatos e que também nas proximidades das fontes haviam muletas jogadas, isso porque, os escravos tomados pelo reumatismo, usavam-nas para vir até a fonte, lá se banhavam, e com o tempo saravam, deixando ali o madeiro.

No final do século passado, as duas famílias fundadoras do povoado, proprietários desta grande área, doaram para a Mitra Diocesana de Botucatu, um gleba de terras no local da Freguesia de Santa Bárbara.

Passados alguns anos, o Bispo de Botucatu, contratou o Engenheiro Constantino Mosca, residente em São Paulo, a fim de lotear toda essa área e depois vender os lotes aqueles que já possuíam aqui suas casas. Ao ver o movimento de pessoas vindas de outras regiões a procura daquela água, Constantino Mosca pediu que a forma de pagamento de seu trabalho, seria a reserva de um lote de terras, com a área de um (1) alqueire em torno do "Poço Quente".

De posse do terreno, levou para São Paulo, a água e mandou analisá-la. Posteriormente trouxe para cá especialistas que também fizeram análise "in loco", e constatou-se ser água mineral, um deles, muito entusiasmado exclamou: "Esta é a melhor água do mundo!". Em 1938, o interventor do Estado, Dr. Adhemar de Barros, compra a área do balneário, passando-a para o Patrimônio Público do Estado. Em 1963, o Governo do Estado inicia a construção do atual Balneário dotado de banhos de imersão, saunas e duchas escocesas.

Conta-se também, que o Conde Matarazzo sofria de uma doença de pele que nenhuma clínica dos Estados Unidos e Europa conseguiu curar, até que um dia, ele foi a Stutgard (Alemanha) para mais um tratamento, sendo surpreendido pelo médico que o atendeu: - "Mas o senhor não mora no Brasil? A melhor água para seu tratamento está em Santa Bárbara do Rio Pardo".

Iniciou o tratamento e meses depois estava totalmente livre da moléstia que a muito o acompanhava. Por inúmeras propriedades terapêuticas, a água mineral do Balneário "Mizael Marques Sobrinho", fora considerada como uma das melhores águas minerais do mundo, durante o II CONGRESSO INTERNACIONAL DE HIDRO-CLIMATISMO, em setembro de 1.940, no Rio de Janeiro.

A primeira análise da água mineral do Balneário "Mizael Marques Sobrinho", fora realizada através de amostras colhidas "in loco", pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPTESP) em 05 de Maio de 1.939, conforme Certificado nº 15.093, sendo o Dr. S. J. Mafei, o químico responsável, que após analisar as amostras determinou como características físico-químicas, classificando-a como "ÁGUA OLIGOMINERAL, HIPOTERMAL, ALCALINA, FORTEMENTE BICARBONATADA, CALCICA, MAGNESIANA, SULFATADA, INODORA E LEVE, como principais componentes: Minerais, oligominerais e sais importantes ao metabolismo celular e orgânico, ativados pelo isótopo radioativo do Radônio 222.

A água mineral, possui efeito terapêutico comprovado cientificamente, através de milhares de pessoas, que vieram à Águas de Santa Bárbara para curar seus males. Doenças de pele, como Exzema úmido ou Seco, Urticária, Intoxicações Exógenas, Edemas locais e Psoríase, através de banhos ou ingestão de água, muitos casos encontram cura definitiva.

Com a ingestão frequente da água, desaparecem as perturbações no Aparelho Digestivo, Fígado e Intestinos.

Elimina Ácido Úrico e as Toxinas Sanguíneas e recobra a vitalidade dos órgãos e tecidos.

São três as águas envasadas na estância de Águas de Santa Bárbara:

1. Santa Bárbara (MINER - ÁGUA MINERAL)

2. Cristal da Estância

3. AguaBoa

Troca de Lâmpada
TROCA DE LÂMPADA
Prefeitura Municipal de Ribeirão do Sul - Troca de Lâmpada
Telefones públicos
GUIA DA CIDADE
Prefeitura Municipal de Águas de Santa Barbara - Guia da Cidade
Telefones públicos
TELEFONES PÚBLICOS
PREFEITURA MUNICIPAL
  • (14) 3765-1321
SECRETÁRIA DE SAÚDE
  • (14) 3765-1139
SECRETÁRIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • (14) 3765-1292

ver todos os telefones...

Rua Francisco Dias Batista, nº 64, Centro.
Águas de Santa Barbara / SP - CEP 18770-000
©2017 Prefeitura Municipal de Águas de Santa Barbara - Todos os direitos reservados.
King Page - Fábrica de Software